A troca internacional de informações em matéria fiscal

Autores/as

  • José Campos Amorim Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto (ISCAP)

Resumen

Os Estados têm vindo a manifestar interesse em cooperar em matéria fiscal. As jurisdições tradicionalmente menos cooperantes demonstram disponibilidade de mudança. Existe um esforço da OCDE e também da União Europeia em implementarem mecanismos de troca de informações. O objetivo é combater fundamentalmente a fraude e a evasão fiscais internacionais, mas também o branqueamento de capitais e o financiamento do terrorismo.
A Convenção multilateral sobre assistência mútua administrativa em matéria fiscal da OCDE é o principal instrumento jurídico multilateral em vigor nesta matéria, que admite que os Estados membros e não membros da OCDE possam tornar-se Partes nesta Convenção, prevendo uma cooperação mais alargada do que a União Europeia. Mas é ainda necessário melhorar a sua eficiência, aprofundar as modalidades de assistência mútua e moldar as legislações dos diferentes Estados às disposições internacionais.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Biografía del autor/a

José Campos Amorim, Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto (ISCAP)

Doutorado em Direito Público

Professor Coordenador de Direito Fiscal no ISCAP

Publicado

03-02-2017

Cómo citar

Campos Amorim, J. (2017) «A troca internacional de informações em matéria fiscal», Cadernos de Dereito Actual, (5), pp. 303–328. Disponible en: https://cadernosdedereitoactual.es/ojs/index.php/cadernos/article/view/154 (Accedido: 21 mayo 2024).