Hermenêutica Jurídica, Consequencialismo e Modulação de Efeitos em Julgamentos Tributários pelo STF em 2021

Autores/as

Resumen

O presente estudo busca analisar a relação entre a hermenêutica jurídica e a eventual influência de argumentos extrajurídicos para fins de concessão da modulação de efeitos de julgamentos realizados pelo Supremo Tribunal Federal em matéria tributária. Para tanto, foram selecionados dois julgamentos finalizados pelo STF em 2021 e com acórdãos já disponibilizados, sob o rito da repercussão geral, cujos efeitos foram modulados, ressalvando-se as ações judiciais em curso. Para fins de uma análise mais aprofundada, são detalhados os fundamentos fático-jurídicos das lides submetidas ao crivo do STF e o entendimento que prevaleceu para, então, se analisar os argumentos e as consequências econômico-fiscais consideradas para a concessão de efeitos prospectivos aos julgados. Por fim, conclui-se que a questão merece ser objeto de estudos e debates mais aprofundados, mas que, em relação aos dois temas analisados, tais argumentos parecem ter sensibilizado os julgadores e conduzido à definição de efeitos pro futuro aos julgamentos proferidos.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Biografía del autor/a

Marcos De Lima Roitman

Mestrando em Direito pelo IDP. Graduado em Ciências Contábeis e Direito. Auditor Fiscal da Receita Municipal em Teresina

Blader Henrique de Lira Soares

Mestrando em Direito pelo IDP. Especialista em Direito Tributário, planejamento fiscal, finanças e controladoria. Advogado.

Citas

AFONSO DA SILVA, J. Aplicabilidade das Normas Constitucionais, 6ª ed., Malheiros São Paulo, 2004, pp. 86 e ss.

BETTEGA SANTOS, F. “O controle e modulação de efeitos pelo Supremo Tribunal Federal e a sua repercussão no processo administrativo fiscal”. Conteudo Jurídico, Brasília, publicado em: 02 set. 2021, disponível em: https://conteudojuridico.com.br/consulta/artigos/57163/o-controle-e-modulao-de-efeitos-pelo-supremo-tribunal-federal-e-a-sua-repercusso-no-processo-administrativo-fiscal, acesso em: 08 jan. 2022.

Brasil. Câmara cria comissão de juristas para avaliar legislação sobre processo constitucional, disponível em: https://www.camara.leg.br/noticias/710651-camara-cria-comissao-de-juristas-para-avaliar-legislacao-sobre-processo-constitucional/, acesso em: 06 jan. 2022.

Brasil. Lei nº 13.105, disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2015/lei/l13105.htm, acesso em: 04 jan. 2022.

Brasil. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm, acesso em: 06 dez. 2021.

Brasil. Decreto-Lei n° 4.657 de 1942, disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/del4657compilado.htm, acesso em: 22 dez. 2021.

Brasil. Lei n° 9.868 de 1999, disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9868.htm, acesso em: 27 dez. 2021.

Brasil. Lei n° 9.882 de 1999, disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9882.htm, acesso em: 27 dez. 2021.

Brasil. Lei nº 10.705 de 2000, disponível em: https://www.al.sp.gov.br/repositorio/legislacao/lei/2000/lei-10705-28.12.2000.html, acesso em: 03 jan. 2022.

STF. Recurso Extraordinário n° 851.108 – São Paulo, disponível em: https://redir.stf.jus.br/paginadorpub/paginador.jsp?docTP=TP&docID=755628450, acesso em: 05 jan. 2022.

STF. Embargos de Declaração no Recurso Extraordinário n° 851.108 – São Paulo, disponível em: https://redir.stf.jus.br/paginadorpub/paginador.jsp?docTP=TP&docID=9185021, acesso em: 05 jan. 2022.

STF. Recurso Extraordinário n° 1.287.019, disponível em: https://redir.stf.jus.br/paginadorpub/paginador.jsp?docTP=TP&docID=9185021, acesso em: 05 jan. 2022.

STF. Agravo de Instrumento n° 730.695 – Distrito Federal, disponível em: http://stf.jus.br/portal/diarioJustica/verDiarioProcesso.asp?numDj=44&dataPublicacaoDj=09/03/2009&incidente=2645007&codCapitulo=6&numMateria=24&codMateria=3, acesso em: 05 jan. 2022.

STF. Agravo Regimental no Recurso Extraordinário n° 433.352 – Minas Gerais, disponível em: http://stf.jus.br/portal/diarioJustica/verDiarioProcesso.asp?numDj=96&dataPublicacaoDj=28/05/2010&incidente=3854516&codCapitulo=5&numMateria=16&codMateria=3, acesso em: 05 jan. 2022.

DIAS DO AMARAL, P.A; SILVA RODRIGUES, R. & MELLO BRAZIOLI, D. “O significado das expressões ‘segurança jurídica’ e ‘excepcional interesse social’ nas fundamentações das Modulações de Efeitos das Declarações de Inconstitucionalidade de Norma Tributária”, Revista Fórum de Direito Tributário nº. 94, Fórum, Belo Horizonte, jul./ago. 2018.

FACURY SCAFF, F. “A modulação das decisões do STF, as razões do Fisco e a irresponsabilidade fiscal”. Revista Consultor Jurídico, publicado em: 19 abr. 2021, disponível em: https://www.conjur.com.br/2021-abr-19/justica-tributaria-modulacao-stf-razoes-fisco-irresponsabilidade-fiscal#:~:text=Modular%20significa%20projetar%20os%20efeitos,isto%20%C3%A9%2C%20desde%20sua%20edi%C3%A7%C3%A3o, acesso em: 07 jan. 2022.

FARIA, J.E. O Direito e Economia na Democratização Brasileira. Saraiva, São Paulo, 2013.

KELSEN, H. Teoria Pura do Direito, 6ª ed., Martins Fontes, São Paulo, 1998.

LACERDA GAMA, T. Fundamentos para uma teoria da nulidade, Noeses, São Paulo, 2009.

LAVOCAT GALVÃO, J.O. “É preciso modular a modulação de efeitos? Reflexões sobre um desvirtuamento”. Revista Consultor Jurídico, publicado em: 19 jun. 2021, disponível em: https://www.conjur.com.br/2021-jun-19/artx-observatorio-constitucional-preciso-modular-modulacao-efeitos-reflexoes-desvirtuamento, acesso em: 06 jan. 2022.

MAURY RAUPP, F. & MARIA BEUREN. Metodologia da pesquisa aplicável às Ciências Sociais, 3ª ed., Atlas, São Paulo, 2006.

MAXIMILIANO, C. Hermenêutica e Aplicação do Direito, 20ª ed., Forense, Rio de Janeiro, 2011.

MIRANDA MOLINARI, F. “O pragmatismo tributário na balança e a modulação de efeitos no STF”. Revista Consultor Jurídico, publicado em: 03 jan. 2022, disponível em: https://www.conjur.com.br/2022-jan-03/molinari-pragmatismo-tributario-modulacao-efeitos-stf, acesso em: 05 jan. 2022.

NASCIMENTO NETTO, A.D. Análise Econômica do Direito à elisão fiscal, Lumen Juris, Rio de Janeiro, 2017.

PERLINGIERI, P. Perfis de Direito Civil, 2ª ed., Renovar, Rio de Janeiro, 2002.

SCHWARZ VIANA, U. “Horizontes da justiça: complexidade e contingência no sistema jurídico”. Universidade de São Paulo, 2013.

WALDRON, J. “The Core of the Case Against Judicial Review”. The Yale Law Journal. vol. 115, nº 6, Apr. 2006.

Publicado

15-04-2022

Cómo citar

Roitman, M. D. L. y Soares, B. H. de L. (2022) «Hermenêutica Jurídica, Consequencialismo e Modulação de Efeitos em Julgamentos Tributários pelo STF em 2021», Cadernos de Dereito Actual, (17), pp. 175–188. Disponible en: https://cadernosdedereitoactual.es/ojs/index.php/cadernos/article/view/753 (Accedido: 22 mayo 2024).