“Legislação concertada entre os EUA e a UE: o Regulamento EMIR e a Dood-Frank Act”

Autores/as

  • Maria Emília Teixeira Universidade Portucalense, Infante D. Henrique

Resumen

Os Estados Unidos da América e a União Europeia adotaram determinadas medidas legislativas para fomentar a transparência nas negociações de derivados negociados ao balcão (OTC), os quais se estimam terem sido uma das principais causas para a disseminação dos efeitos negativos da crise financeira de 2007/2008.

Apesar de as legislações americana e europeia serem dissidentes acerca de alguns aspetos, designadamente no que se refere à não admissão como contrato de seguro de alguns contratos com a mesma causa e fim, como os swaps, no geral, pode concluir-se que têm finalidades idênticas. 

Obviamente que não foram os derivados financeiros os principais responsáveis pela crise, todavia, a sua parca regulamentação e fiscalização contribuiu para camuflar a verdadeira dimensão do risco sistémico potencial. Desta forma, tanto os EUA como a UE se debruçaram sobre a regulamentação, fiscalização e controlo destas transações, originando a Dood-Frank Act nos EUA e o Regulamento EMIR na UE. 

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Biografía del autor/a

Maria Emília Teixeira, Universidade Portucalense, Infante D. Henrique

Professora Universitária no Curso de Direito da Universidade Portucalense desde 2009, e também no Instituto Politécnico do Porto (ESTGF) no curso de Solicitadoria desde 2015.

Àreas de estudo: Direito Civil e Comercial

Àreas preferenciais: Direito Bancário, Direito dos Seguros e Direito Financeiro

 

Citas

ALMEIDA, A.P., “Instrumentos Financeiros: os swaps”, in Estudos em Homenagem ao Professor Doutor Carlos Ferreira de Almeida, Vol. II, Almedina, 2001

ALMEIDA, A.P., “Valores Mobiliários, instrumentos financeiros e mercados”, Vol. II, Coimbra Editora, 2013

ANTUNES, J. A. E., “Os derivados.”, in Cadernos do Mercado de Valores Mobiliários, n.º 30, pp. 91-136.

CALHEIROS, M.C., “O contrato de swap.” in Boletim da Faculdade de Direito, Studia Iuridica, 51.

CÂMARA, P., «Supervisão bancária: recentes e próximos desenvolvimentos», I Congresso de Direito Bancário, Almedina, 2015

FERREIRA, D., “Swaps e derivados de crédito”, Edições Sílabo, 2008

GORIS, P., “The legal aspects of swaps”, Graham & Trotmann/ Martinus Nijhoff, 1994

MACHADO, C. D., «A ESMA e a arquitectura de Supervisão Financeira Europeia», Cadernos do Mercado de Valores Mobiliários, n.º 37, pp. 70 a 104

SILVA, J.C., “Banca, Bolsa e Seguros, Tomo I – Direito Europeu e Português”; Almedina, 2013

Publicado

02-12-2015

Cómo citar

Teixeira, M. E. (2015) «“Legislação concertada entre os EUA e a UE: o Regulamento EMIR e a Dood-Frank Act”», Cadernos de Dereito Actual, (3), pp. 237–252. Disponible en: https://cadernosdedereitoactual.es/ojs/index.php/cadernos/article/view/48 (Accedido: 22 junio 2024).

Número

Sección

Artículos