Uma história da seguridade social nos países industrializados, dos primórdios à globalização neoliberal

Cristiane & Rodrigo Haik & Zacharias, Rodrigo Zacharias

Resumen


O presente ensaio examina a evolução da seguridade social nos países capitalistas industrializados, ao menos naqueles que mais influenciaram o Direito brasileiro nesse campo. Os fatos que importam a esta história são os que representam solidariedade, o auxílio ao próximo, face as necessidades sociais do ser humano, desde os ocorridos em pequenos agrupamentos até a atuação do Estado. Pretende-se que o teor eminentemente narrativo leve, ao final, ao entendimento da tessitura daquilo que se entende por seguridade social, uma técnica de proteção social ampla que objetiva a superação das necessidades sociais. Analisam-se, ao final, temas como constitucionalismo social, Estado social, globalização e neoliberalismo e seus impactos em sistemas de proteção social.


Texto completo:

PDF (Português (Brasil))

Referencias


ARAUJO, L.A.D. A Proteção Constitucional das Pessoas Portadoras de Deficiência, Ministério da Justiça, Brasília, 1997.

BALERA, W. O Direito dos Pobres, Paulinas, São Paulo, 1982.

______. “Centenárias Situações e Novidade da ‘Rerum Novarum’”, Revista da Previdência Social, n. CXXX, LTr, setembro de 1991.

______. “Introdução à Seguridade Social”, VV.AA. (MONTEIRO, M.L.G. coord.), Introdução ao Direito Previdenciário, LTr, São Paulo, 1998.

______. “Previdência e Assistência na Constituinte”, Revista de Previdência Social, n. LXIII, ano X, fevereiro de 1986.

BARROS, C.M. “Organização internacional do trabalho e Mercosul”, Revista da Faculdade de Direito das Faculdades Metropolitanas Unidas de São Paulo, v. 13, n. 21, 1999, p. 57-78.

BASTOS, C.R; MARTINS, I.G. Comentários à Constituição do Brasil, Vol. VII, Saraiva, São Paulo, 1990.

______. Comentários à Constituição do Brasil. Vol. VIII, Saraiva, São Paulo, 2000.

BEVERIDGE, W. O Plano Beveridge. Relatório sobre o Seguro Social e Serviços Afins Apresentado ao Parlamento Britânico em Novembro de 1942, por Ordem de sua Magestade por Sir William Beveridge. Tradução Almir e Andrade, Livraria José Oympio, Rio de Janeiro, 1943.

BLUME, Bruno André. 6 países que fizeram uma reforma previdenciária (consultado em 20.3.2021) Disponível na World Wide Web: https://www.politize.com.br/reforma-previdenciaria-paises-que-fizeram/.

BOBBIO, N; MATTEUCCI, Nicola; PASQUINO, Gianfranco. Dicionário de Política. Tradução: Carmen C. Variale et al; coord. trad. João Ferreira; rev. reg. João Ferreira e Luis Guerreiro Pinto Cacais, UnB, Brasília, 1998.

BONAVIDES, P. Curso de Direito Constitucional, Malheiros, São Paulo, 2019.

BOTELHO, C.S. Direito sociais em tempo de crise: revisitando as normas constitucionais programáticas, Almedina, Coimbra, 2015.

CÂMERA, M.C.B. “William Beveridge e a Seguridade Social Britânica”, Revista de Previdência Social, n. CXLII 142, LTr, setembro de 1992.

COIMBRA, F. Direito Previdenciário Brasileiro, Trabalhistas, São Paulo, 1997.

COMPARATO, F.K. A Afirmação Histórica dos Direitos Humanos, Saraiva, São Paulo,1999.

CORREIA, E.P.B.; CORREIA, M.O.G. “Estudo a Respeito do Benefício Previsto no Artigo 203, Inciso V, da Constituição Federal”, Revista de Previdência Social, n. CXCI, LTr, outubro de 1996.

______. Curso de Direito da Seguridade Social, Saraiva, São Paulo, 2001.

COSTA NETO, N.D.O., “A Ideologia Neoliberal e a Globalização Econômica:

O Impacto no Campo dos Direitos Fundamentais”, Boletim dos procuradores da República, v. 4, n. 44, dezembro 2001, p. 20-31.

DALLARI, D.A., Elementos de Teoria Geral do Estado, Saraiva, São Paulo, 1987.

______. A Globalização e seus Efeitos Excludentes: Serão Respeitados os

Direitos Humanos nos Próximos 50 Anos? Artchip, São Paulo, 1999.

______. Uma História: Aula Final. In: Boletim dos Procuradores da República, n. XLIV, ano IV. São Paulo: s.e., dezembro de 2001.

DELFIM NETO, A. “A Globalização e as Economias Nacionais”, Anais do 17º Encontro Nacional dos Juízes Federais, Ajufe, Brasília, 2001.

DICIONÁRIO DA LÍNGUA PORTUGUESA, Melhoramentos, São Paulo, 1999.

DICIONÁRIO HOUAISS DA LÍNGUA PORTUGUESA, Objetiva, Rio de Janeiro, 2001.

DINIZ, M.H. Dicionário Jurídico, Saraiva, São Paulo, 1998, vol. III.

DURANT, P. La Política Comtemporanea de Seguridad Social, Ministerio de Trabajo y Seguridad Social, Madrid, 1991.

FALEIROS, V. “Renda mínima: uma avaliação”, VV.AA (SPOSATI, A. org), Renda Mínima e Crise Mundial: saída ou agravamento?, Cortez, São Paulo, 1997, p. 11.

FARIAS, P.J. “A Seguridade Social Americana: Uma Visão Informativa e Crítica”, Revista de Previdência Social, n. CXCVIII, LTr, maio de 1997.

FERRARI, F. Los Princípios de la Seguridad Social, Ediciones Depalma, Buenos Aires, 1972.

FERREIRA FILHO, M.G. Direitos Humanos Fundamentais, Saraiva, São Paulo, 1999.

FRANCO, A.S. Sobre Eduardo Galeano, Boletim do IBCCRIM, n. CVII, ano IX, outubro de 2001

GONÇALVEZ, N.L., Novo Benefício da Previdência Social, IBRASA, São Paulo, 1976.

HARARI, Y.N. 21 lições para o século 21, tradução de Paulo Geige, Companhia das Letras, São Paulo, 2018.

HORVATH JÚNIOR, M. Direito Previdenciário, Quartier Latin, São Paulo, 2002.

IBARRA, D. “O neoliberalismo na America Latina”, Brazilian Journal of Political Economy, Rev. Econ. Polit. vol.31, n. 2, Apr./June 2011.

LEITE, C.B. A Proteção Social no Brasil, LTr, São Paulo, 1978.

_____. “A Previdência Social no Mundo”, Revista de Previdência Social, n.

CXCII, LTr, novembro de 1996.

MARTINEZ, M.N. A Seguridade Social na Constituição Federal, LTr, São Paulo, 1992.

_____. Curso de Direito Previdenciário, LTr, São Paulo, 1997, vol. I.

MARTINS, S.P. Direito da Seguridade Social, Saraiva Jur, São Paulo, 2020.

MARX, K.; ENGELS, F., Manifesto do Partido Comunista, L&PM, Porto Alegre, 2001,

MELLO FILHO, J.C. Constituição Federal Anotada, Saraiva, São Paulo, 1986.

MESTRINER, M.L, O Estado entre a Filantropia e a Assistência Social, Cortez Editora, São Paulo, 2001.

MORAES FILHO, E. A Ordem Social num Novo Texto Constitucional, LTr, São Paulo, 1986.

MORAES, M.V.E, O Futuro da Seguridade Social, en Revista de Previdência Social, n. CCXXVI, LTr, São Paulo, setembro de 1999.

MONTORO, A.F. “Cem Anos da ‘Rerum Novarum’: Presença Humanista, Presença Cristã”, Revista Faculdade de Direito da PUC/SP, n. I., PUC/SP, 1999.

OLIVEIRA, A.C. Direito do Trabalho e Previdência Social: Estudos, LTr, São Paulo, 1996.

ONFRAY, M. Contra-história da filosofia. Vol. 1: as sabedorias antigas, Martins Fontes, São Paulo, 2008.

PASTOR, J.M.A. Derecho de la Seguridad Social, Tecnos, Madrid, 1977, vol. I.

PIKETTY, T. O Capital no século XXI. Tradução de Monica Baumgarten de Bolle, Editora Intrínseca Ltda., Rio de Janeiro, 2014.

PIOVESAN, F. “Não à Desconstitucionalização dos Direitos Sociais”, Boletim dos Procuradores da República, vol. 3, n. 25, maio de 2000.

REALE, M. O Estado Democrático de Direito e o Conflito de Ideologias, Saraiva, São Paulo, 1998.

REGONINI, G., “Estado do bem-estar’, VV.AA. (FERREIRA, J. coord.), Dicionário de Política, vol. 1, tradução de Carmen C. Variale et al, UnB, Brasília, 1998, p. 416.

RUPRECHT, A. J., Direito da Seguridade Social, LTr, São Paulo, 1996.

RUSSOMANO, M.V. Comentários à Consolidação das leis da previdência social: aprovada pelo Decreto 77.077, de 24.1.1976, e atualizada face às normas subseqüentes, inclusive quanto às leis 6.367, de 19.10.1976, 6.439, de 1.º.9.1977, 6.636, de 8.5.1979 e 6.887, de 10.12.1980, Revista dos Tribunais, São Paulo, 1981.

SANTOS, B.S. “O novo espectro”, Folha de São Paulo, Opinião, edição de 07.5.2002, (consultado em 14.4.2021). Disponível na World Wide Web: https://www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/fz0705200208.htm.

SILVA, J.A. Curso de Direito Constitucional Positivo, Malheiros, São Paulo, 2002.

SIMÕES, A. Princípios de Segurança Social, Saraiva, São Paulo, 1967, p. 76.

SINGER, P. Globalização e Desemprego. Diagnóstico e alternativas, Contexto, São Paulo, 1999

SPOSATI, A. A Assistência Social no Brasil: 1983/1990, VV.AA. (SPOSATI, A. coord.) Cortez, São Paulo, 1995.

TODESCHINI, R. Gestão da Previdência Pública e Fundos de Pensão, LTr, São Paulo, 2000.

VENTURI, A. Los Fundamentos Científicos de la Seguridad Social, tradução de Gregorio Tudela Cambronero, Ministerio de Trabajo y Seguridad Social, Madrid, 1994.

VIANA, M.L.T.W. A Americanização (Perversa) da Seguridade Social no Brasil: Estratégias de Bem-Estar e Políticas Públicas, Renan, São Paulo, 1998.

VIDAL NETO, P. Natureza Jurídica da Seguridade Social, Tese de concurso para Professor Titular – Universidade de São Paulo, São Paulo, 1993.

______. “Princípios de Seguridade Social”, Revista de Previdência Social, n. CLXXI, LTR, São Paulo, fevereiro de 1995.


Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2021 Cadernos de Dereito Actual

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional.


 

Cadernos de Dereito Actual

www.cadernosdedereitoactual.es

© 2013 por Xuristas en Acción.  

ISSN impreso: 2340-860X. ISSN electrónico: 2386-5229

 

Indexada en | Indexed by:

 

 

Consulta más bases de datos aquí