Um itinerário jusfilosófico da “diferença” e suas repercussões no campo do direito

Doglas Cesar Lucas, André Leonardo Copetti Santos

Resumen


O presente texto objetiva apresentar a teorização da diferença e sua importância na construção de novas narrativas e institucionalidades nos campos do direito e da política. O trabalho centra-se na análise do pensamento de Nietzsche, Derrida, Foucault e Lyotard, pensadores que desafariam as verdades modernas e denunciaram, cada um a seu modo, as precariedades e homogeneizações propagadas pela ideia e pela institucionalização de igualdade abstrata. A diferença é enaltecida como condição de possibilidade para a alteridade e para o reconhecimento e visibilidade das minorias que foram excluídas da proteção jurídica pelos processos majoritários que construíram a sua pertença negando a diferença do outro. A diferença insere-se definitivamente no direito e na política e requer seu estatuto próprio de proteção.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))

Referencias


DELEUZE, G. Nietzsche y la filosofia. 8. ed. Barcelona: Anagrama, 2008.

DERRIDA, J. Força de Lei: o fundamento místico da autoridade. Tradução: Leila Perrone-Moises – 2. Edição. São Paulo: Editora WMF Marins Fontes, 2010.

DERRIDA, J. Pensar a Desconstrução. São Paulo: Estação Liberdade, 2005.

DIETZ, G. Multiculturalismo, interculturalidad y diversidad en educación. Una aproximación antropológica. México D. F.: Fondo de Cultura Económica, 2012.

DREYFUS, H. L.; RABINOW, Paul. Michel Foucault – Beyond Structuralism and Hermeneutics. Harvester Wheatsheaf: Nueva York, 1982.

ESCOBAR, A. “Culture, Economics and Politics in Latin American Social Movements Theory and Research”. In: ESCOBAR, Arturo; ALVAREZ, Sonia (Eds.). The making of Social Movements in Latin America: Identity, Strategy and Democracy. Boulder, CO: Westview, p. 62-85, 1992.

FOUCAULT, M. Em defesa da sociedade. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

FOUCAULT, M. Microfísica do poder. 4. ed. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1984.

FRANK, M. What’s is Neostructuralism? Minneapolis, MN: University of Minnesota Press, 1989.

LACLAU, E. “New Social Movements and the Plurality of the Social”. In: SLATER, D. (ed.). New Social Movements and the State in Latin America. Amsterdan: CEDLA, p. 27-42, 1985.

LYOTARD, J. The Differend. Phrases in dispute. Minneapolis: University of Minnesota Press, 1988.

LYOTARD, J. The postmodern condition. A report on knowledge. MN: University of Minnesota Press, 1979.

MODOOD, T. Multiculturalism: a civic idea. Cambridge: Polity, 2007.

NIETZSCHE, F. Além do Bem e do Mal: prelúdio de uma filosofia do futuro. Trad. Mário Ferreira dos Santos. Petrópolis: Vozes, 2009.

NIETZSCHE, F. Assim Falava Zaratustra. 5. ed. Petrópolis: Vozes, 2010, II.

NIETZSCHE, F. Ecce Homo. Trad. Marcelo Backes. Porto Alegre: LPM, 2003.

NIETZSCHE, F. Genealogia da Moral. Trad. Paulo César de Souza. São Paulo: Brasiliense, 1987.

NIVÓN BOLÁN, E. “El Consumo cultural y os Movimientos Sociales”. In: GARCIA CANCLINI, N. (COORD.). El Consumo Cultural em México. México: CNCA, p.123-162, 1993.

RATTANSI, A. “Racism, ‘Postmodernism’, and Reflexive Multiculturalism”. In: MAY Stephen. (ed.). Critical Multiculturalism: Rethinking Muilticultural and Antiracist Education. Londres: Falmer, p. 77-112, 1999.

SANTOS, B. “Introdução: para ampliar o cânone do reconhecimento, da diferença e da igualdade”. In: SANTOS, B. S. (org.). Reconhecer para libertar. Os caminhos do cosmopolitismo multicultural. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003.

SLATER, D. “Power and Social Movements in the Other Occident: Latin America in an International Context”. In: Latin America Perspectives 21, n. 2 (edicción 81), p. 11-37, 1994.

WARAT. L A. “A Fantasia jurídica da igualdade: democracia e direitos humanos numa pragmática da singularidade”. In: BuscaLegis, n.º 24, Setembro de 1992, p. 36-54.


Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2019 Cadernos de Dereito Actual


 

Cadernos de Dereito Actual

www.cadernosdedereitoactual.es

© 2013 por Xuristas en Acción.  

ISSN impreso: 2340-860X. ISSN electrónico: 2386-5229

 

Indexada en | Indexed by: